Cabo. PE... 02/05/89



                               .... Terça-feira... 10,35 hs.
Estamos aqui desde de ontem, na refinaria de milho Brasil, na famosa Maisena, que lugar horrível, choveu e o estacionamento está alagado, cheio de barro, moscas e lagartixas, e a noite morcegos. Ontem mesmo até tiramos o caminhão do lugar em que estávamos, pensando ser alguém tentando tirar os pneus, mas era os morcegos se batendo e caindo por cima do caminhão. De manha o Xavier me deu um susto danado, dizendo que um morcego tinha mordido a Mariele, mas era brincadeira, era mordida de mosquito, só que mosquitos gigantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário